10 Dicas De Transfer Applications

O prazo de inscrição para applications de transferência para muitas faculdades seletivas nos Estados Unidos, incluindo todas as faculdades da Ivy League, foi no dia 1º de março (ou, em alguns casos, dia 15 de março). Brown, Columbia, Dartmouth, Harvard, Princeton e Yale têm deadlines que passaram no 1 de março, enquanto Cornell e UPenn têm deadlines no dia 15 de março. Com chances menores de regular ou early decisions de ser aceito, a transferência para faculdades de renome pode ser um processo assustador. Leia as nossas principais dicas para ajudar a tornar o processo estressante de transfer applications mais transparente!

TOP 10 DICAS DE TRANSFER APPLICATIONS

1) Pense bastante e pergunte-se “por que”?: Simplesmente fazer uma application de transferência porque você terminou com a sua namorada ou porque você quer ter uma experiência internacional não é um motivo convincente para conseguir um transfer. Faça uma lista clara, sim, traga um bloco de anotações e uma caneta, e seja honesto consigo mesmo. Este exercício ajudou muitos alunos com os quais trabalhamos a encontrar motivos convincentes do porque agora é o melhor momento para você transferir para uma faculdade nos Estados Unidos, e porque aquela universidade é a universidade certa.

2) Escreva uma redação – Personal Statement – convincente: mostre (não diga) por que você deseja transferir. Essa é a pergunta número 1 na mente de um gatekeeper de admissões: “Por que esse candidato está insatisfeito com a faculdade atual e o que ele pode trazer para nossa escola?” Precisa de ajuda? Nós podemos ajudar você. Nos último três ano temos tido 100% de sucesso em applications de transfer para os Estados Unidos e o Canadá.

3) Faça sua pesquisa: Taxas de admissão para Transfer em faculdades seletivas são muito mais baixas do que as taxas típicas de admissão para o Freshmen Year. Pense nisso, os alunos em Harvard não estão normalmente interessados ​​em sair, e é por isso que a taxa de transferência para a Harvard é tipicamente inferior a 1%. A Universidade da Virgínia, no entanto, tem mais de 35-40% de taxa de aceitação para transfer students. Varia muito de faculdade para faculdade, mas geralmente as melhores faculdades são praticamente impossíveis.

4) Entenda o Common App: isso não lhe ajudará em qualquer rodada de applications que já passou, caso você esteja se perguntando, mas, em agosto de 2018 o Common App está lançando um novo application para estudantes de transferência (incluindo para Post-Bacc, ou candidatos a segundo bacharéis). Você terá que aprender sobre o Common App existente, para entender exatamente o que mudou!

5) Seus créditos serão transferidos: Cada faculdade toma suas próprias decisões sobre quantos créditos universitários anteriores honrará. Talvez seja necessário fazer alguns telefonemas para o Registry Office de uma universidade específica para descobrir se elas realmente usarão seus créditos universitários acumulados. Na Steinberg, ajudamos você inclusive com esses calls para entender quais credits serão transferíveis para a universidade americana ou canadense pleiteada. Isso pode ser um aspecto decisivo na escolha das universidades para as quais você pretende fazer transfer. Se você não conseguir aproveitar seus créditos, vale a pena continuar com um Transfer Application? Conhecimento é poder, por isso recomendamos que você descubra essas informações antes de se inscrever.

6) Principais Considerações: As faculdades para as quais você está interessado em se transferir têm requirements semelhantes? Existem requisitos essenciais para uma eventual transferência que você não tem? Mais uma vez, o conhecimento é crítico. Envie um e-mail ao administrador do departamento, por exemplo, se você quiser mais detalhes que não estão disponíveis no site do departamento.

7) Eduque-se: Ajudamos você a conseguir transferência para universidades canadenses e americanas. Clique e VÁ.

8) Impacto na comunidade: com taxas de admissão de transferência super baixas, o admissions office será muito exigente e procurará alunos que adicionarão dimensões interessantes à comunidade estudantil. Mesmo se você estiver apenas no meio do seu primeiro ano, mostre como você irá contribuir. Concentre-se em suas perspectivas e experiências únicas.

9) As Cartas de Referências são essênciais: Pode ser estranho pedir a membros da sua universidade atual, conselheiros ou reitores por recomendações, especialmente porque você está procurando transferir, mas reserve um tempo para conversar com eles e pedir uma recomendação. É mais provável que você seja perguntado por que deseja transferir. Certifique-se de poder responder a essa pergunta de maneira ponderada.

10) Permaneça Envolvido: Com taxas de admissão excepcionalmente baixas para estudantes que procuram transferir para faculdades nos Estados Unidos ou Canadá, você precisa estar preparado para aproveitar as oportunidades em sua instituição atual no caso de sua solicitação de transferência não ser bem-sucedida. Fique por dentro de todos os prazos e requisitos acadêmicos, busque organizações e atividades interessantes e conheça seus professores e colegas.

Estamos aqui para ajudá-lo a respirar, adquirir conhecimentos importantes, e criar um plano de transferência que funcione para você!