Como Entrar Num Mestrado Fora do Brasil Com Nota Baixa na Graduação

COMO ENTRAR NUM MESTRADO FORA DO BRASIL COM UMA NOTA BAIXA NA GRADUAÇÃO

Como entrar num Mestrado fora do Brasil com nota baixa na Graduação? Gostaria de saber a resposta para essa pergunta? Se você respondeu sim a essa pergunta talvez seja o post mais importante que você lerá na sua vida.

Muitas vezes nos perguntam “Como consigo entrar num Mestrado fora do Brasil com nota baixa na Graduação?” por aqueles que consideram consultoria de admissão em universidades fora do Brasil.

Mas primeiro, vamos por partes.

QUÃO BAIXO É MUITO BAIXO?

Qual é o limite de notas que são aceitas, e por que mais universidades não publicam os requisitos das notas mínimas?

Como um 60% ou um 65% acontece? É mais comum do que você imagina.

  • Talvez seja uma situação familiar onde você faltou uma grande quantidade de aulas durante o Bacharelado;
  • OU dificuldade na adaptação à vida universitária e os cursos oferecidos por sua universidade;
  • OU, você de repente iniciou um Bacharelado, viu que não era bem aquilo que você procurava, e decidiu transferir para outro curso.

Qualquer uma das opções acima pode resultar em um número considerável de notas baixas em no seu histórico de graduação, e pode lhe causar bastante incertezas quando você decidir tentar entrar num Mestrado fora do Brasil.

Aí chegou a hora de você aplicar para a universidade, com aquela esperança de que – possivelmente, mas bem possivelmente mesmo – eles vão pedir apenas o seu Indice de Rendimento Acadêmico, e não o histórico completo.

Portanto, quando o momento chegar, cada uma das suas notas é revisada além da sua nota média, mas a sua nota média no Bacharelado não é o único ponto analisado (é claro, eles olham também para o GRE, GMAT ou LSAT, mas esse é um tópico para outro post.)

BOAS NOTÍCIAS PARA QUEM QUISER ENTRAR NUM MESTRADO FORA DO BRASIL COMU UMA NOTA BAIXA NA GRADUAÇÃO

A boa notícia é que quase todo mundo no planeta precisa de algum tempo para se adaptar à vida universitária (nova cama, novo quarto, novo local, novas pessoas, etc.) e os oficiais de admissão das universidades sabem disso e já passaram por essa mesma situação.

A outra boa notícia é que o histórico da graduação e o Índice de Rendimento Acadêmico não são as únicas partes da aplicação para um programa de Mestrado fora do país.

Você precisa usar esse fato em seu favor quando você aplicar!

Você precisa, afinal, quais outros documentos você poderá encaminhar aos oficiais de admissão para o programa de Mestrado fora do Brasil que possa lhe ajudar nesse processo.

Às vezes, converso com possíveis candidatos que estão fora da faculdade e estão no mercado de trabalho há anos, e estão preocupados em sequer rever seus históricos de graduação com notas médias de 65%.

Nota importante: você não precisa aplicar para um programa de Mestrado fora do Brasil até estar completamente pronto.

POR ONDE COMEÇAR NESSE PROCESSO DE ADMISSÃO PARA PROGRAMAS DE MESTRADO FORA DO BRASIL SEM TER A NOTA NECESSÁRIA NA GRADUAÇÃO?

Você pode entrar no programa de Mestrado fora do país lentamente, cursando um curso de extensão ou um curso de verão.

Esses cursos são mais curtos, mas permitem que você conheça professores das mais renomadas instituições acadêmicas, como a Harvard, por exemplo, onde você terá a opção de negociar a sua entrada num programa de Mestrado se conseguir obter um B (ou acima) nessas disciplinas.

Além do mais, seguindo esse caminho “paralelo” e “secreto” de entrar nos melhores cursos de Mestrado fora do Brasil, você acaba conseguindo:

  • Uma nota de conceito familiar (A, B, C, etc…) para as instituições que você pretende aplicar;
  • Uma sólida conexão com docentes da universidade;
  • Conexões com colegas de seu campo de estudos;
  • Acesso a ofertas exclusivas do campus, como serviços de aconselhamento e redação (mesmo para estudantes on-line);
  • Uma potencial carta suplementar de recomendação;
  • E um histórico de nível de Mestrado que é virtualmente agregada àquele histórico de graduação que você tanto queria manter como o seu mais alto segredo.

Na prática, como isso pode realmente acontecer?

Uma nota A em um curso de Mestrado em Antropologia Global de Sustentabilidade de 4 créditos da Harvard University Extension School não pode “consertar” ou apagar as suas notas de 60% ou 65% da sua graduação.

Mas essas novas notas mostram o seu compromisso e oferece evidências de que o novo você, mais profissional e dedicado, podem totalmente se sair bem em disciplinas que se categorizam no nível de Mestrado ou Doutorado!

5 EXEMPLOS DE CURSOS DE MESTRADO FORA DO PAíS QUE VOCÊ PODE FAZER E INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE COMO ELES FUNCIONAM.

Cenário 1: você tem como alvo um Mestrado fora do Brasil em biotecnologia e trabalha em um laboratório há um tempo, mas está desatualizado em termos acadêmicos. Você trabalha 60 horas por semana, portanto, um curso on-line, sem crédito, é a sua melhor opção.

O QUE FAZER?

Faça o curso EdX do MIT chamado The Science and Business of Biotechnology. O curso começa no dia 12 de dezembro e dura 16 semanas, requer 10 horas de dedicação por semana e custa apenas US $ 50 para obter uma nota e um certificado de curso.

Além do mais, você irá aprender com três principais professores do MIT que ensinam cursos de biotecnologia!

Bônus: você pode adicionar esse curso ao seu currículo até mesmo antes do curso começar e este vídeo mostra que esse curso da MIT é verdadeiramente exclusivo.

Cenário 2: você está se formando da graduação em dezembro de 2020, mas deseja que seu próximo passo seja um programa de Mestrado em análise de dados. Você mudou de curso três vezes (acredite em nós, é normal!) na faculdade, mas acredita que a análise de dados é a única.

Você está analisando os prazos das applications para o semestre de outono (abril de 2020 – eles existem) que permitiriam que você iniciasse a graduação em agosto do mesmo ano, mas sua programação na faculdade durante o início do ano está corridíssima!

O QUE FAZER?

Inscreva-se no curso on-line de 4 semanas do Graph Analytics for Big Data Coursera via a UC San Diego. É um curso com ritmo individualizado (embora sem crédito), com uma opção adicional de obter um certificado de curso para inclusão no seu currículo.

O professor, Dr. Gupta, é um cientista pesquisador do Supercomputer Center da UC San Diego. Eles estão fazendo algumas coisas legais no momento, tais como ajudar o mundo a prever futuros níveis de dióxido de carbono em nosso planeta.

Cenário 3: você tem como alvo um Mestrado em psicologia e atingiu vive num momento de paralisia profissional onde cursar um Mestrado é o próximo passo necessário, mas você deseja “experimentar antes de comprar”.

O QUE FAZER?

Inscreva-se (até 15/4/20) no Teacher’s College da Columbia University como aluno de pós-graduação sem créditos. Faça o curso de pós-graduação em psicologia do pensamento (21 de maio a 1 de julho de 2020) para obter 3 créditos on-line.

Cenário 4: você trabalhou com engenharia da saúde por vários anos após a faculdade e está moderadamente pronto para fazer um MBA, mas não tem 100% de certeza, principalmente porque seu histórico demonstra diversas notas baixas obtidas na graduação

Essa mesma pessoa lançou um aplicativo de gerenciamento na área de saúde que fez muito sucesso na região de São Paulo, do qual ele se orgulha muito.

O QUE FAZER?

Inscreva-se na NYU como estudante de pós-graduação da Tandon School of Engineering (onde você pode obter até 9 créditos) e faça o curso on-line de verão 2020 chamado Operations Management, que vai do dia 26 de maio a 12 de julho.

Cenário 5: você planeja em aplicar aos principais programas de M.S.em economia. Seu currículo precisa de um impulso para mostrar que você ainda é um acadêmico, mas o seu histórico de graduação tem algumas notas assustadoras.

Além disso, você se formou em literatura portuguesa e nunca fez um curso de economia, então está prestes a embarcar em uma grande troca de carreira.

O QUE FAZER?

Considere um curso on-line, híbrido ou em campus como algum na Harvard Extension School.

Faça o curso da Harvard Extension School de Justiça Econômica (4 créditos no nível de pós-graduação on-line.

Outro curso de pós-graduação oferecido pela Harvard é a Teoria Macroeconômica. É ensinado pelo Dr. Christopher Foote, Professor da Prática de Economia em Harvard. (Ele também é um economista sênior do Federal Reserve Bank de Boston – sabe alguma coisa de economia).

DEIXE-NOS AJUDAR

Entretanto, os exemplos acima são alguns exemplos, então infelizmente eles não são personalizados para você. DEIXE-NOS AJUDA-LO COM A SUA SELEÇÃO DE CURSOS! Ajudamos você a responder a pergunta de como entrar num Mestrado fora do Brasil com uma nota baixa na Graduação!

Gostaríamos de revisar seu histórico acadêmico e currículo, seus objetivos e os vários componentes que farão parte das suas aplicações para programas de Mestrado fora do Brasil.

Muitos dos candidatos com os quais trabalhamos obtiveram notas impressionantes em programas acadêmicos no nível de pós-graduação.

Essa é uma vitória para todos em termos de esforço, tempo e economia financeira.

Ao mesmo tempo em que mostra seu compromisso acadêmico com seu campo de estudo pretendido, e oferece evidências concretas de que você pode e obterá notas A nos cursos de nível superior.



Open chat